Seja mais ESPERTO/SMART nas suas definições

Quando você deixa de definir de forma eficaz os seus objetivos, o seu trabalho e esforço perdem o seu impacto. Em contrapartida, usando metas SMART, você pode dar uma direção adequada para onde se deve trabalhar com mais objetividade. Isso tende a concentrar seus esforços no que é realmente importante, ajudando a descartar ações que não contribuem para alcançar os objetivos que você definiu.

Você não é uma máquina

 

 

 

 

 

 

 

Para ser bem sucedido não é necessário trabalhar 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Você deve ser “mais esperto”.

O principal problema não é quanto a se organizar, listar tarefas em uma agenda, colocar horários, etc. Isso todo mundo sabe fazer. O problema é priorizar. Além de escrever tarefas livremente, é preciso ordenar as tarefas de forma a realizar as mais importantes primeiro. O benefício pode ser tão grande que você se perceberá voltando para tarefas que estavam pendentes, tarefas que te dão prazer em realizar realmente.

O acrônimo SMART significa específicos (Specific), mensuráveis (Mensurable), atingíveis (Attainable), realistas (Realistic) e Timebound (Prazo). E suas diferentes variações nos permite gerar uma definição mais ampla deste modelo de metas e inferir o foco desta técnica.

Parece simples mas não é

A definição dos objetivos requer um planejamento, a participação e compromisso de todos os integrantes de um dado projeto.

Por que criar objetivos bem definidos?

  • Definem uma situação futura e servem de guia para o planeamento das ações a efetuar.
  • Justificam todas as atividades de todos os membros do time
  • Servem para avaliar as ações, a eficiência e a produtividade da equipe que está a cargo do projeto;
  • São, de algum modo, uma medida de eficiência e produtividade da própria organização.

O que é SMART?

Específico (Specific): Uma meta irá indicar exatamente o que a organização pretende realizar como objetivo. Um objetivo é específico se ele fornece uma descrição completa do que a empresa pretende atingir, quando e onde ele deve ser feito, e aqueles que participam na sua realização.

Além disso, o objetivo deve ser claro, compreensível para todas as pessoas envolvidas na sua realização e deve ser escrito para facilitar a comunicação.

Palavras: Specific, Significant, Stretching , Simple => Específico, Simples

Mensurável (Measurable): A meta é mensurável se é quantificável. Se não é mensurável, não é gerenciável.

O objetivo é criar os meios para acompanhar o andamento dos objetivos, manter a equipe no caminho para as metas finais e marcar quando uma meta foi cumprida.

Measurable, Manageable, Motivational, Meaningful => Mensurável, Gerenciável

Atingível (Attainable): Deve haver uma possibilidade real para que um objetivo possa ser realizado. Os objetivos devem ser um desafio para encorajar esforço e empenho dos colaboradores. Além dos objetivos, devem ser estabelecidos com o consenso da liderança da empresa e os responsáveis pela realização destes objetivos. Se um objetivo não pode mais ser alcançado deve ser alterado ou abandonado.

Palavras: Attainable, Achievable, Agreed upon, Action-oriented, Ambitious => Alcançável

Relevante (Relevant): Um objetivo relevante deve representar um objetivo que você está disposto a trabalhar e ainda que seja capaz de realizá-lo. A liderança da organização deve reconhecer a importância do objetivo e fornecer o tempo e os recursos necessários para cumprir os objetivos.

Palavras: Relevant, Realistic, Reasonable, Rewarding, Results-oriented => Realista

Temporizável(Time-bound): A meta deve estar dentro de um prazo, ter um ponto de partida e ponto final. Através da delimitação do tempo, é possível criar compromissos com base nesta unidade e concentrar os esforços de sua equipe para alcançá-los.

Seus objetivos podem ser estratégicos e/ou táticos, mas eles devem ser integrados com um calendário que não só permite acompanhar a evolução dos objetivos em pontos intermediários, mas também ter um melhor processo de tomada de decisão.

Palavras: Time-bound, Tangible, Trackable, Timer Framed => Temporizável

Seguem alguns exemplos prático de definição SMART:

1. Por exemplo, ao invés de definir “Aumentar as vendas em 22%”, um objetivo melhor seria “Obtenção de 22% no aumento de vendas regionais nas áreas de negócios A e B pela equipe Z, durante o próximo ano, sem redução da margem de lucros e mantendo o nível de satisfação do cliente.”.

2. Outro exemplo, “Melhorar a satisfação dos clientes da loja 5 em 15% em 120 dias” parece ser um objetivo específico. No entanto, pode acontecer que a loja em questão não tenha um sistema adequado de medição da satisfação do cliente. Desta forma, o gerente da loja poderia usar qualquer variável que tivesse melhorado para considerá-la como determinante da satisfação do cliente, atingindo assim seu objetivo.

3. Mais um exemplo, o objetivo “Reduzir em 30% o gasto com planos de saúde” pode ser atingido simplesmente mudando a categoria dos planos dos funcionários para um nível mais baixo. No entanto, este não seria um objetivo realista. Nesta uma organização que historicamente sempre se preocupou com o bem-estar dos funcionários e não passa por nenhuma dificuldade financeira, não justifica estes cortes.

Conclusão

O fato é que somos, por natureza, não planejadores. E por consequência não paramos pra pensar no que devemos fazer e como fazer, para que possamos ter o maior aproveitamento possível da equipe nos projetos.

Parece simples, mas uma coisa que não fazemos muito é: documentar.

Escrever, priorizar, dar um sentido. Tudo isso para ser possível dimensionar, se devemos continuar ou não com a empreitada.

Tente fazer um exercício simples: peque caneta e papel e tente pegar um objetivo que tem em mente. Deixe este objetivo no padrão SMART. Você consegue? Se perguntará pelo prazo, ou verá que não será totalmente alcançável por exemplo.

Então você irá refinando, refinando e chegará a uma conclusão: é possível realizar de forma melhor!

Fernando Bueno

Fernando Bueno

Consultor em FB Solutions
Sou consultor na área de implantação de sistemas ERP, com experiência na análise e implantação de projetos de sistemas, configurando a estrutura do software, capacitando usuários-chaves, ministrando treinamentos e workshops.

Atuando em diversos mercados desenvolvendo e implantando e sistemas gerenciais, sistemas e sites web e ecommerce.
Fernando Bueno

Últimos posts por Fernando Bueno (exibir todos)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *