TMS – Gestão de Transportes – Protheus

Você que trabalha com ERP já deve ter ouvido falar no TMS  Gestão de Transportes Protheus. Mas, afinal, o que ele faz?

Abaixo estão todas as funcionalidades que compõem este módulo do ERP Protheus:

A abreviação “TMS” significa Transportation Management System. É o sistema principal para fazer a gestão de transportes através do Protheus. Ele controla todos os processos de faturamento, fiscais e gerenciais envolvidos na operação de transportes, bem como controlar os veículos, motoristas, fretes e viagens da empresa e também de terceiros.

Dentre as atividades principais, estão:

  • Controle das despesas dos veículos
  • Controle das viagens
  • Tabelas de Frete
  • Emissão de CT-e (Conhecimento de Transporte Eletrônico),
  • Emissão de MDF-e

…e muito mais.

O ambiente Gestão de Transportes gerencia os processos de uma transportadora, abrangendo as áreas: operacional, comercial, seguros, faturamento, logística e SAC. Integra-se totalmente financeiro, fiscal e contábil, sem necessitar de customizações.

Entre suas muitas funções, permite os seguintes controles dentro da gestão de transportes:

Logística

  • Estrutura das regiões atendidas.
  • Mapeamento dos clientes, dividindo-os em rotas de entrega.
  • Definição, nas rotas, das rodovias e praças de pedágio percorridas.
  • Definição dos tipos de serviços prestados, com as respectivas tarefas e atividades.

Comercial

  • Criação de componentes de frete, de acordo com as modalidades de serviços prestados e com as características de negócio de cada cliente.
  • Estabelecimento de configurações de tabelas de preços com variação de componentes, de acordo com os tipos de negociação praticados.
  • Tabelas de frete com possibilidade de inclusão de ajustes por cliente.
  • Uso de tarifação.
  • Ferramentas para manutenção e reajuste de tabelas de frete.

Gerenciamento de Contratos

  • Cadastro dos contratos de clientes, estabelecendo todas as condições de relacionamento para a prestação de serviços:
  • Tipos de serviços prestados
  • Tabelas de preço praticados
  • Número de notas fiscais por CT-e
  • Peso Máximo por Ct-e
  • Contrato para os clientes, controlando vigência
  • Contratos com terceiros e agregados para gerenciamento do pagamento de serviços contratados pela empresa.

Operacional

  • Gerenciamento dos processos de coleta e entrega.
  • Geração e emissão do conhecimento de frete, AWB (Air Waybill ou Conhecimento de Transporte Aéreo) e nota fiscal de serviço.
  • Geração e emissão do manifesto de carga.
  • Controle da movimentação de veículos e motoristas.
  • Recepção e carregamento de cargas.
  • Abertura, fechamento e encerramento de viagens de coleta, transporte e entrega.
  • Controle de pendências e gerenciamento de ocorrências.
  • Contrato de Carreteiro
  • Controle dos indicadores de desempenho no setor de transportes:
  • Análise de Carregamento
  • Análise de Ocorrências
  • Custo KM rodado
  • Aging

Seguro

  • Criação dos componentes de seguro.
  • Definição das tabelas de seguro de acordo com produtos, regiões de origem e destino, vigências, etc.
  • Averbação e processo de fechamento de seguro.
  • Gerenciamento de indenizações e solicitações de reembolso.

Faturamento

  • Geração manual ou automática das faturas.
  • Faturamento com base no perfil previamente cadastrado para o cliente:
  • Condição de Pagamento
  • Periodicidade de Faturamento
  • Número de CT-e’s por fatura
  • Valor máximo da fatura
  • Separação por tipos de transporte
  • Separação CIF e FOB

Custos

Visão de Custos em 4 níveis:

  • Veículo
  • Frota
  • Viagem
  • Documento
  • Tracking e Relatórios

• Consultas sobre os detalhes da operação, apontadas até o nível de serviços, tarefas e atividades.

Exemplos:

• Saída da Viagem de Coleta
• Chegada da Viagem de Coleta
• Recebimento / Triagem
• Carregamento
• Saída da Viagem de Transporte
• Transporte
• Chegada de Viagem de Transporte
• Relatórios de acompanhamento – operacionais e gerenciais.

Integrações

  • Integração com o ambiente Livros Fiscais: geração de impostos e livros.
  • Integração com o ambiente Financeiro: contas a receber, contas a pagar e controle de caixa.
  • Integração com agentes externos: clientes, postos fiscais e parceiros – EDI.

Vantagens

  • Exatidão e disponibilidade das informações relativas ao transporte, facilitando o atendimento e a prestação de serviços.
  • Flexibilidade e alto grau de parametrização, possibilitando a configuração de diversas regras de negociação, tanto com clientes quanto com fornecedores.
  • Elevado grau de integração:
    ERP e demais Soluções TOTVS
  • Configurador de EDI
  • Acuracidade e confiabilidade no processo de cálculo de frete.
  • Acompanhamento detalhado das operações executadas na prestação de serviço – performance e produtividade
  • Agilidade e acuracidade nos processos de faturamento.
  • Acompanhamento detalhado de ocorrências e pendências.
  • Informações para apoio das decisões operacionais e gerenciais.

Fonte TMS Protheus

 

Fernando Bueno
Siga na rede

Fernando Bueno

Consultor em FBSOLUTIONS
Sou consultor na área de implantação de sistemas ERP, com experiência na análise e implantação de projetos de sistemas, configurando a estrutura do software, capacitando usuários-chaves, ministrando treinamentos e workshops.

Atuando desde 2005 no mercado de tecnologia, desenvolvendo e implantando e sistemas gerenciais, sistemas e sites web e ecommerce.
Fernando Bueno
Siga na rede

Últimos posts por Fernando Bueno (exibir todos)

Conteúdo relacionado