Como cadastrar os Grupos de Produtos

Olá, tudo bem?

Nesse artigo vou te mostrar como cadastrar o Grupo de Produtos no Protheus

Na administração de materiais, é muito importante a classificação dos produtos segundo suas características comuns, como, por exemplo, padrões de forma, peso, tipo, uso, dimensão entre outros.

Quando os produtos estão reunidos em grupos, se torna mais prático selecioná-los nas operações de processamento, geração de consultas e emissão de relatórios e até mesmo a identificação de produtos que necessitam de tratamentos específicos, como por exemplo, cuidados especiais de manipulação, condições de armazenamento e embalagens apropriadas. Pois, basta informar um grupo ou intervalo de grupos, para que todos os produtos neles contidos sejam considerados.

Outra vantagem da classificação de produtos, é a possibilidade da organização dos dados de relatórios, das quebras e de totalização por grupos de produtos.

O objetivo desta rotina é criar os grupos de produtos, atribuindo-lhes código e descrição. Uma vez cadastrados os grupos, quando um novo produto for incluído, será possível selecionar a que grupo ele pertence. Assim, nas rotinas que possuem parametrização por grupo de produto, pode ser informado um intervalo de grupos para que sejam considerados todos os produtos por eles classificados.

Os grupos de produtos podem ser incluídos a qualquer momento, quando se detectar uma nova classe de produtos com características semelhantes.

O sistema traz já cadastrados alguns grupos, que são mais utilizados, apresentando-os nos códigos 0001 até 0007. Estes registros são exibidos apenas como sugestão e podem ser alterados ou até mesmo excluídos.

A integração do módulo SIGAPCP (Planejamento e Controle de Produção) e o SIGADPR (Desenvolvedor de Produtos) ocorre com a habilitação do parâmetro MV_INTDPR=1, quando realizada uma operação de inclusão, alteração ou exclusão no SIGAPCP, as operações são replicadas no módulo SIGADPR.

Ambientes de Oficinas, Veículos e Peças

Para os ambientes de Concessionárias – Oficinas, Veículos e Peças – esta rotina recebe o nome de Grupos de Peças. Além das funcionalidades já descritas, é importante ressaltar que o Grupo de Peças é um elemento básico para a composição dos códigos das peças.

Procedimentos

Para cadastrar um grupo de produtos:

1. Em Grupo de Produtos, selecione a opção Incluir.

O sistema apresenta a tela de inclusão.

2. Preencha os dados conforme a orientação do help de campo.
3. Observe, o preenchimento dos seguintes campos:
Código / Descrição

Informe o código e a descrição do grupo. Para os ambientes de Concessionárias, ideal seria se neste código, estivesse embutido o prefixo da marca e mais um ou dois caracteres para indicar o tipo do grupo, conforme exemplo abaixo.

Exemplo: MBG – Mercedes Bens Genuínas

Picture Padrão do Grupo da Peça (máscara de edição)

Informe qual a picture (máscara) padrão para o código da peça (número de fábrica), caso haja alguma picture em especial, ou seja, no momento da digitação do grupo da peça, o Sistema já identifica a necessidade de se Alterar em tempo de execução a máscara de edição do campo seguinte, que sempre é o código. Isto se aplica para as montadoras que possuem máscaras bem definidas, cuja utilização deste artifício se torna um importante recurso. Esta picturepode então, ser informada por grupo de peça de cada montadora/fornecedor.

Exemplo: @R 999-!!!/9

Procedência das Peças reunidas neste Grupo

Informe qual é a procedência das peças reunidas neste grupo, podendo ser original e não original.

Status das Peças reunidas neste Grupo

Informe qual é o status das peças reunidas neste grupo, podendo ser Novo, RemanufaturadoReciclado. Como o próprio nome já diz, peças novas são aquelas que nunca foram utilizadas; peças remanufaturadas são aquelas que sofreram algum processo de recondicionamento e que estão em condições de serem aplicadas novamente ou recolocadas no mercado; e peças recicladas são peças que foram retiradas de veículos em desmanche, mas que estão em condições normais de utilização / comercialização.

Marca

Informe qual é o código da marca referente a este grupo.

Exemplo: MARCA: FT – Fiat

Grupos Relacionados

Informe os códigos dos grupos relacionados ao grupo que está sendo criado ou sofrendo manutenção. Isto permite que durante uma consulta, orçamento ou requisição de peças, seja informado um item e visualizado todos os outros relacionados. Para que isso seja possível, os itens relacionados devem ter seus grupos informados neste campo e também devem coincidir em pelo menos parte de seus códigos.

Exemplo:

Grupo original = VWO

Grupos relacionados = VWP /OM

Ao consultar o item VWO 123456, se existirem os itens VWP 123456 ou OM 123456, eles são apresentados porque foram relacionados.

Tipo de Grupo

Informe qual é o tipo deste grupo. Esta informação é importante e necessária em algumas rotinas do Sistema, como relatórios de resultado e de análise, orçamentos e fechamento de ordens de serviço. Deve-se preencher este campo com:

1 – Peças
2 – Lubrificantes e Combustíveis
3 – Pneus e Câmaras
4 – Serviços
5 – Outras marcas
6 – Aplicação direta
7 – Veículos
8 – Acessórios originais
9 – Acessórios não originais
10 – Motores usados
Mark-Up

Informe qual é o coeficiente multiplicador que se deseja utilizar para reajustar os preços de venda das peças deste Grupo. Este parâmetro é geralmente utilizado, para peças Não Originais, uma vez que as Peças Originais são reajustadas por integração eletrônica, com arquivo importado da montadora através de EDI.

O novo preço de venda a ser obtido a partir da aplicação deste coeficiente do mark-up é segue a fórmula:

NPV = Novo Preço de Venda

CUP = Custo Unitário da Peça = ( Preço Pago – ICMS + IPI )

(o custo é obtido automaticamente por ocasião da compra)

CMK = Coeficiente do Mark-up informado

NPV = CUP * CMK

Tamanho da Chave para o Código Relacionado

Informe qual é o tamanho da chave/código comum que é considerada para o relacionamento (até onde o código é comum). Isto se aplica para os casos em que o código da uma peça original é igual ao da peça paralela, ou que seja acrescenta alguma identificação no final do código da peça para indicar o fornecedor/procedência/origem da peça. Com isto, o Sistema pode relacionar os dois itens, desprezando a identificação que é colocada após o último caracter comum do código, buscando as peças dentre os grupos relacionados.

Exemplo:

Considere o código das duas peças: SCG 0189352 e SCP 0189352/P14

Desprezando o /P14 que foi adicionado ao segundo código (da peça Paralela) para identificar a sua procedência, comparando até o 7º caracter os dois códigos ficam iguais. Assim, 07 é o tamanho desejado da chave.

3. Confira os dados e confirme a inclusão.

Ambientes de Agências e Turismo

Este cadastro contém informações básicas sobre os produtos e os serviços adquiridos ou fornecidos pela empresa de Turismo, realizando o controle desses grupos de produtos em todos os módulos do Sistema.

Estes grupos de produtos, depois de configurados, serão utilizados para controle de acordos comerciais, atribuição de impostos relacionados, registro de venda, apuração de comissão, cálculo de FEE, emissão de Faturas e Notas Fiscais, relacionamento com clientes e fornecedores e como filtro em diversos rotinas e relatórios. Serão utilizados também para compor os diversos acordos utilizados nos processos de venda da agência de viagem. 

Esses grupos de produtos estão relacionados aos fornecedores da agência para definir quais fornecedores poderão ser utilizados em um registro de venda da agência, para um respectivo grupo de produto. Por exemplo: uma viagem aérea só poderá ser comercializada pela agência de viagem através de uma companhia aérea.

Devem ser gravadas informações básicas, como: código e descrição, além de informações gerenciais que definirão o período, a forma e o prazo em que as vendas daquele tipo de produto deverão ser consolidadas. 

Além de informações básicas como código e descrição, o cadastro informa o tipo do Grupo de Produtos. Com isso, é possível classificar o produto de acordo com os exemplos abaixo:

Produto

Grupo

Tipo

Aéreo

Aéreo

Aéreo

Hotel

Hotel

Hotel

Carro

Carro

Carro

Sala

Sala

Evento

Bebida

Alimentos & Bebidas

Evento

Refeição

Alimentos & Bebidas

Evento

Datashow

Equipamentos

Evento

Climatizador

Equipamentos

Evento

Os grupos de produtos são cadastrados com suas respectivas formas de pagamento – FOP (ver Cadastro de Formas de Pagamento). Estas formas de pagamento, relacionadas ao grupo de produto, serão utilizadas como padrão de forma para facilitar o vínculo de um cliente ou fornecedor novo ao grupo de produtos. Porém, no cadastro de cada cliente ou fornecedor (Definições Comerciais) poderão ser adicionadas (Adicional) ou retiradas (Restringida) algumas formas de pagamento.

Um recurso importante deste cadastro é a aplicabilidade ao segmento de negócio, pois a agência de viagem trabalha com diversos segmentos de negócios e estes, por sua vez, exigem diferenciação dos grupos de produtos. Para isto, foram criados componentes de multi-seleção de segmentos para determinar em qual segmento o cadastro é válido. Esta informação é validada na utilização do grupo de produtos, na inclusão de um registro de venda.

Procedimentos

1. No SIGATUR, acesse Atualizações/ Cadastros/ Grupo de Produto.
2. Clique em Incluir.
Preencha os campos:
Cód Grupo: será preenchido automaticamente pelo sistema. Este valor não pode ser repetido nem alterado. Ex: 000001.
Descrição: informe a descrição do grupo de produto. Ex: Hotel.
Tipo Grupo: informe o tipo do grupo. Este campo está relacionado ao cadastro de Tipos de Grupos e assim que for informado, o campo Desc. Tipo será preenchido automaticamente. Ex: 1.
Exige Conc.: determine se a conciliação é obrigatória antes de qualquer cobrança ao cliente. Ex: 1- Sim.
Bloqueado: defina se a utilização do produto está ativa ou bloqueada, ou seja, informe se o registro será apresentado ou não nos processos com os quais a entidade se relaciona. Ex: 2-Não.
Corporativo: este campo determina que o cartão em questão pode ser utilizado em RV do segmento de negócio corporativo. Ex: Habilitado.
Evento: este campo determina que o cartão em questão pode ser utilizado em RV do segmento de negócio eventos. Ex: Habilitado.
Lazer: este campo determina que o cartão em questão pode ser utilizado em RV do segmento de negócio lazer. Ex: Habilitado.

 
Grupo de Produtos x Formas de Pagamento

1. Preencha os campos:
Código Grupo: será preenchido automaticamente pelo sistema. Este valor não pode ser repetido nem alterado. Ex: 00001.
Código: selecione a forma de pagamento. Este campo está relacionado ao cadastro das formas de pagamento e, assim que informado, o campo Descrição será preenchido automaticamente.
Destino: informe para qual destino a forma de pagamento poderá ser utilizada. Ex: Ambos.
Tp. Pessoa: informe para qual tipo de pessoa a forma de pagamento poderá ser comercializada. Ex: Ambos

Fonte:TDN

Leonardo Borges

Leonardo Borges

Editor em FBSOLUTIONS
A FBSolutions surgiu da paixão de uma pessoa por realizar projetos. Ver o projeto nascer, desde a primeira conversa, até a execução e entrega final é algo mágico para quem está neste meio de tecnologia.

São duas vertentes que a FBSolutions carrega em seu DNA:

O know-how de alguns anos de experiências desenvolvendo projetos web, sejam sites, e-commerces ou sistemas gerenciais acessados via web. Todo projeto web carrega consigo a experiência de integração de tudo que temos no mercado hoje, ou seja, um mercado de possibilidades com as mídias sociais que temos
E todo o conhecimento de implantação de sistemas gerenciais, conhecidos como ERP (Enterprise Resource Planning). Planejar, Executar, Treinar. Nas mais diversas áreas o ERP atua: Faturamento, Financeiro, Estoque, Compras, Logística e muito mais.
Analisar, desenvolver, dialogar com o cliente são premissas para que tudo saia dentro do planejado.
Leonardo Borges

Conteúdo relacionado